Situation Room with BNZ

BNZ Avalia Desempenho em Situation Room

Publicado a 1 de jun de 2019

Objetivos

O Bank of New Zealand estava à procura de uma simulação de negócios que pudesse incluir num centro de avaliação recente como parte do seu processo de recrutamento interno. O Bank of New Zealand é uma das Instituições Bancárias líderes da Nova Zelândia desde a sua origem em 1861. O centro de avaliação é projetado para avaliar uma lista restrita de candidatos através de várias componentes tais como entrevistas individuais, apresentações de grupo e dentro de um ambiente de equipa. O programa precisava de dar aos avaliadores a oportunidade de observar os participantes, assim como dar oportunidade para discussão, auto-avaliação e feedback.

A Solução

No dia, 24 participantes fizeram parte de um exercício de aprendizagem experimental The Situation Room em duas sessões proporcionadas separadamente. The Situation Room, desenvolvido pelos sócios da Catalyst Global's New Zealand, Team Up Events, é um dos eventos mais recentes focados em negócios inovadores. Com base numa situação mundial emergente, as equipas são desafiadas a avaliar e responder a atualizações de link de video em tempo real de maneira a fornecer informações precisas sobre O quê, Onde, Quando e Quem de um cenário de comércio ilegal.

Situation Room foi projetado para estimular e desafiar o pensamento num ambiente com tempo limitado e alta pressão à volta dos seguintes objetivos-chave de aprendizagem:

  • Comunicação Funcional Cruzada: Melhora além das funções e níveis individuais, para se unirem a um objetivo comum e alcançar o sucesso com uma comunicação clara, concisa e coordenada.
  • Pensamento Ágil: Encorajar e apreciar a rapidez e a flexibilidade para não só se identificar e adaptar a formas de trabalho mais eficientes e eficazes, mas também para entender que a forma de ‘’hoje’’ pode ser completamente diferente da de ‘’amanhã’’.
  • Liderança Situacional: Identificar os comportamentos necessários no contexto do grupo e do ambiente para implementar um estilo de liderança que atenda melhor às metas e circunstâncias da tarefa em questão.

Na contagem regressiva do cronómetro final do programa, os participantes foram orientados através de uma avaliação de equipa a refletir sobre o desempenho antes de serem convidados a discutir as aprendizagens da sua experiência com todo o grupo.

Resultado

The Situation Room proporcionou uma oportunidade criteriosa para os avaliadores do BNZ observarem aspetos pessoais e de equipa, características e, claro, desempenho através de uma forma lúdica. Os pontos de discussão comuns destacados dos participantes referiam-se à necessidade de uma abordagem coordenada para gerir as inúmeras variáveis dentro do evento. Os participantes perceberam que havia muita informação para qualquer membro da equipa compreender. Também observaram que havia tempo limitado para avaliar a mudança de cenário da situação. Para que toda a equipa conseguisse equilibrar a rapidez com precisão, precisavam de atribuir funções e tarefas rapidamente e com eficácia. O programa foi um enorme sucesso tanto para os avaliadores como para os participantes.




Todos os Estudos de Caso