31 de julho de 2014

Com a febre da F1 varrendo a nação, os alunos da Repton School, Dubai, tiveram a oportunidade de vivenciar a ação que ocorre nos bastidores das corridas, por meio da construção de uma réplica de um carro de Formula 1 em papelão.

biz-events (Parceira da Catalyst Global's no Oriente Médio) doou o popular Formula 1 atividade de teambuilding, para dar apoio ao programa.

Desafio Impossivel?

Com o carro de corrida Bridgestone F1 estacionado na frente da escola para ajudar a inspirar as equipes, essas trabalhavam para criar suas próprias versões em papelão, seguindo as instruções do "diagrama para o sucesso".

Enfatizando a importância do trabalho em grupo, cada um dos participante tinha uma função recompensadora a cumprir; independente da atividade que escolhessem - construir, desenhar, decorar ou fazer parte do grupo de pilotos e equipe do carro - os estudantes aprenderam a reconhecer o valor da contribuição de cada um dos membros da equipe.

Testando suas habilidades em comprometimento, alocação de recursos e controle de qualidade, 160 alunos deram duro para montar um carro de corrida de F1 que pudesse vencer o Grand Prix de Repton. Completo, com desafios no PitStop, a atmosfera estava eletrizante quando chegou a hora da corrida.

Buscando Patrocinadores!

Antes do dia da corrida os alunos foram incumbidos de buscar empresas patrocinadoras e doações para as causas sociais que escolhessem. Na lista dos patrocinadores estavam Bridgestone, MBC Group, Du, Mars, House of Portier Racing, Homemakers UAE and Pet’s Delight.

Os alunos arrecadaram a soma inacreditável de Dh30,000 (equivalente a R$ 18 mil) para os seus beneficiários cuja lista incluía a Make A Wish Foundation UAE, Quicken Trust, K9 Friends, Music for Hope and Annos Africa, Cancer Research and The Manila Charity.

Como estava a atmosfera logo após que os estudantes descobriram que iriam construir os seus próprios carros de F1?

Os alunos já conheciam o conceito antes do dia de realização do evento, uma vez que eles estavam incumbidos de vender espaços para propaganda em seus veículos de F1 e patrocínio de seu time, gerando doações para entidades sociais. Contudo, eles não perceberam o tamanho do desafio. Depois que fizemos a introdução do evento, com 17 equipes ansiosas para começar, havia muita nervosismo no ar, gerada pelo entendimento de que este seria um desafio complexo.

O que os alunos aprenderam?

Em primeiro lugar, o poder de persuasão: os estudantes tiveram que trabalhar duro para convencer os patrocinadores a apoiar as causas sociais que escolheram. Segundo, o elemento crítico de usar todos os recursos e energia da equipe. Com todos ocupados durante três horas para garantir que os carros de F1 estariam prontos para correr, tiveram que gerenciar qualidade e prazos curtos simultaneamente. Por último, a importância de planejar as táticas a serem empregadas durante a corrida. O time vencedor usou muito bem o tempo dos treinos, ensaiando as questões básicas, enquanto alguns times deixaram tudo a cargo da sorte.

Como foi o processo de montar o carro?

As equipes receberam oito diagramas contendo diferentes partes do carro em cada uma delas. Eles tiveram que transpor essas partes para outro material, garantindo que todas as medidas estivessem certas para então cortar as partes. As partes foram montadas seguindo uma série de passos detalhados. Então, chegou a vez de decorar e nomear o carro da equipe. Foi preciso disciplina e comprometimento, e os alunos foram muito aplicados e levaram a atividade com bastante seriedade, e ainda se divertiram bastante.

Qual a importância do teambuilding em um país como os Emirados Árabes Unidos (EAU) ?

O teambuilding contribui para a melhorar a comunicação, minimizar barreiras culturais e criar objetivos comuns. No ambiente de negócios atuais, é muito importante obter o máximo dos colaboradores das empresa, e um programa efetivo de teambuilding é uma forma de aumentar a produtividade das pessoas. Para os líderes do futuro da Repton School, essa foi uma lição de que é possível atingir o que parece impossível, contanto que todos trabalhem duro juntos!