23 de setembro de 2016

A Continental Engineering Services comemora o 10º aniversário do seu departamento CES, com a atividade global de team building "Beat the Box" em 9 países envolvendo 11 cidades e 1188 funcionários.

No aniversário de 10 anos do Departamento de Serviços Continental de Engenharia da CES, parte da gigante automotiva alemã Continental, realizou uma atividade global de team building "Beat the Box" em 9 países, envolvendo 11 cidades com 1188 participantes, organizados por membros da equipe da Rede Catalyst Global de Team Building. Em Beat the Box, cada equipe recebe uma caixa de alumínio trancada,  dentro da qual há uma série de casos trancados. As equipes devem abrir a caixa e, em seguida, abrir cada caso, sequencialmente, resolvendo uma série de quebra-cabeças e mistérios. O objetivo final, no entanto, é que o grupo resolva coletivamente um mistério e pare a contagem do relógio!

Para a Continental, a atividade parecia uma cena de um filme de James Bond. O director-geral da Continental Engineering Services GmbH, Bernd Neitzel, iniciou a atividade com uma atuação inspiradora, inspirando todos os participantes a participarem da atividade. Ele explicou a missão. A homepage do departamento de CES tinha sido hackeada pelo arquiinimigo de James Bond. O objetivo era que os participantes recuperassem a homepage do departamento de CES que tinha sido hackeado pelo arquiinimigo de James Bond, Ernst Stavro Blofeld. Blofield, estava ameaçando apagar toda a empresa em 90 minutos! Para evitar esse desastre, o grupo deveria decifrar o código e recuperar a homepage.

 

1188 participantes em 11 locais em todo o mundo - México, Xangai, Banglaore, Vesprem, Timosoara, Frankfurt, Nuremberg, Regensburg, Ingolstadt, Toulouse e Auburn Hills - começaram a trabalhar para decifrar o código. Cada equipe começou trabalhando na solução de puzzles para abrir suas caixas. Em tempo, no entanto, logo perceberam que em sua corrida contra o relógio, eles deveriam colaborar com outras equipes, a fim de resolver o mistério. Através do pensamento criativo inteligente, trabalho em equipe e colaboração, o código foi quebrado e a homepage recuperada!

Participantes da Continental disseram que se divertiram muito e aprenderam a colaborar com pessoas de outras cidades com quem nunca haviam trabalhado antes. É comum em ambientes de trabalho onde os departamentos são descentralizados em muitos locais de trabalho que as equipes trabalhem em silos e muitas vezes negligenciam a partilha de melhores práticas. A gerência sentiu que o Beat the Box era uma maneira fantástica de utilizar uma ferramenta experiencial da aprendizagem para destacar esta importante questão. Proporcionou uma grande oportunidade para que os departamentos operacionais internacionais "jogassem" juntos por um objetivo comum. Essa experiência compartilhada será refletida por um longo prazo no futuro.

Beat the Box, é a criação intelectual de Markus Ruese e Rene Wittek, os fundadores da Spielgstelter, a parceira da Catalyst Global na Alemanha. O Beat the Box é distribuído mundialmente, exclusivamente através da Catalyst Global Network.

Para organizar um evento global ou encontrar um distribuidor na sua região, contate: info@catalystglobal.com.